ENLUARADOS

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Da criação do Mundo


Tudo era seca só. Não tinha terra, nem céu, não tinha bicho, não tinha gente, não tinha nada. Era só o breu.
Aí Deus foi ficando enjoado e decidiu criar o mundo. Pensou assim: Vê que besteira a minha, por que ficar sem nada, se posso inventar o que quiser? E saiu inventando.
Primeiro inventou o tempo. Que era pra ter tempo de inventar o resto. Em seguida inventou o Céu, pra ter onde morar. E como o Céu tinha que ficar por cima de algo, Deus inventou a Terra, pra ficar embaixo.
Aí Deus pensou "e a terra ficará com um céu em cima e sem nada embaixo, é?" Aí ele botou o inferno debaixo da Terra.
No começo a Terra só servia pra isso: pra ficar embaixo do céu e em cima do inferno. Foi quando Deus disse: já que tem a Terra tenho que inventar gente pra morar lá. Foi assim que criou a vida.
Criou a vida, criou a morte, pois o que é vivo morre.
Danou-se, pensou Deus, "já que todo ser vivo tem nariz, boca, orelha e olho, tem que ter uma serventia par isso tudo".
Os olhos e o nariz já tinham. Os olhos pra olhar o Céu e o nariz pra respirar e parar de respirar para morrer.
Mas carece arranjar utilidade pra boca e pras orelhas. E não foi por isso que Deus fez o verbo? Era como Ele chamava as palavras.
E Deus haja a inventar palavras: montanha, riacho, rio, elefante, jumento, capim, abacate, sapoti, laranja-cravo...
Como para cada palavra tinha que ter uma coisa, Deus teve que inventar um monte de coisa pra ter uma coisa para cada palavra.
Abacate, sapoti, laranja-cravo, capim, elefante, montanha, rio e riacho. Os homens acharam pouco e inventaram mais coisas ainda: prego, parafuso...
... e o resto é só assistir o filme "A Máquina" de João Falcão, baseado no romance de Adriana Falcão.

Obs.: É um filme bastante agradável, sem complicação.

2 comentários:

beatriz disse...

muito obrigado por seu carinho.
Beij.

antonior disse...

O seu post, só por si, já é interessante que baste, mas agora fiquei com curiosidade sobre o filme e o livro. Como não os conheço terei de fazer uma busca.

Beijinhos