ENLUARADOS

sábado, 17 de outubro de 2009

RIO DE JANEIRO


Rio de Janeiro

(Clique nas imagens para vê-las ampliadas)


Tem dias que eu saio caminhando pelas ruas do Rio, bem devagar. Tento perceber os recados da natureza, sentir o vento e o sol no rosto. Procuro aproveitar bem o caminho, olhando árvores, pássaros e flores.
Pessoas passam correndo, outras vão devagar, porteiros conversam uns com os outros e guardam seus edifícios, operários trabalhando...


Me encanto com os jardins e as praças desta cidade, que ainda guarda um certo romantismo, com suas barracas de frutas e de flores, que ainda conserva casas com fachadas de antigamente...






Sento-me em um banco, na praça, à sombra de uma árvore e fico observando:


Crianças em alegres brincadeiras, os mais velhos em rodinhas de bate-papo ou com seus jogos de baralhos, casais de namorados e outros que aproveitam pra uma soneca.


Outros passeiam com seus cachorros, sujando as calçadas (alguns levam um jornal ou saco plástico para recolher a "produção" dos seus fofinhos, mas são poucos que o fazem). Nada contra os fofinhos... pelo contrário, gosto muito de animais.
Quando chega o sorveteiro, é uma festa. E eu aproveito para tomar um sorvete, saboreando bem devagar.


Na volta, compro uma flor e levo para casa.

Procuro não me incomodar com o barulho dos carros, com os ciclistas na calçada quase atropelando a gente e as pessoas super-apressadas.
E... apesar das buzinas nervosas dos carros apressados, das pessoas estressadas e mal humoradas, das calçadas cheias de buracos e cocô de cachorro, dos ciclistas nas calçadas quase nos atropelando, dos carros que não respeitam os sinais de trânsito, do lixo espalhado pelas ruas;
Apesar do medo dos assaltos e das balas perdidas, da correria para os compromissos com horas marcadas...enfim, essa vida louca...

Igreja de Nossa Senhora da Glória - Largo do Machado

O importante é não perder a delicadeza e não esquecer o sonho.
E acreditar que o Rio de Janeiro é uma Cidade Maravilhosa.

Fotos do Catete e adjacências.
......................................................

5 comentários:

Jacque disse...

Oi amiga. Muito Lindas as fotos. Gosto Muito do Rio de Janeiro.

Beijo.

Jacque

Kotta1947 disse...

Nobreza a sua ao descrever assim a cidade do Rio e embelezar as coisas más que fazem parte do dia a dia em todas as cidades do Mundo. Bjo.

cristinasiqueira disse...

Oi
Estela,

Que lindo teu canto de amor e paz.
Canto do verbo cantar,da canção que sai da alma.
E com este encanto você registrou com suas lentes a singeleza dos cantos poéticos.
Um Rio em versos.
Desta vez fui eu que caminhe com você pela cidade maravilhosa.

Obrigada .

Beijos,


Cris

Priscila Zanutti disse...

Oi querida, lindas as fotos! Ainda existem tantas coisas sobre o Rio que nem os cariocas conhecem...Aqui em minha rua por exemplo, se bobear você pisa em presentes de cachorros e de cavalos! É, tá pensando que é mole morar no mato???!! Hehehe
Pena que more tão longe, no sábado terá o lançamento de uma coletânea de poesias de um grupo de poetas da Zona Oeste e minha família tem tres poesias lá no livro (mãe e padrasto in memorian e vovó) Eu vou representá-los no evento e gostaria que viesse. Se puder me avisa pelos coments. Beijinhos!!!

Dolores disse...

Sua alma e seu olhar sobre as coisas são pura poesia.
Bj