ENLUARADOS

terça-feira, 10 de novembro de 2009

ROSA - SIMBOLISMO


Cultivada desde a Antigüidade e apreciada em todo o mundo por sua beleza, a rosa parece expressar os sentimentos mais belos e profundos da alma humana: a paixão, a doçura, a alegria e a dor.
Existem mais de cinco mil variedades de rosas.
Na Antigüidade a rosa era um adorno de grande luxo. Nos banquetes, coroas de rosas deviam refrescar e confortar o cérebro, atenuando o efeito de excessivas libações.
Provavelmente as espécies mais conhecidas eram a Vulgar (de cinco pétalas), a Gálica, a Alba e a Damascena (Centifólia).

Os germanos usavam a Rosa vulgar para enfeitar lugares sagrados e eram cultivadas por monges, nos jardins de seus claustros.
A divisão do círculo em cinco pétalas se converteu em ornamento na construção de igrejas e em heráldica.
A rosa também simboliza o enigmático. Na disposição de suas pétalas, reconhece-se a estrela de cinco pontas (pentáculo), figura secular de magia e feitiçaria.

Nos tetos de confessionários, de salas de reuniões onde deveriam ser guardados os segredos que ali eram expostos, podiam se ver figuras de rosas em relevo, pois “as conversas sob rosas não deviam se divulgar.”
Segundo a lenda, os generais gregos planejaram o ataque decisivo ao rei Xerxes, rei dos persas, reunidos em um roseiral. Desde então, a rosa tornou-se símbolo de segredo.

Por sua beleza e também pelo efêmero de sua floração, a rosa é símbolo de vida.
Na Sagrada escritura ela se encontrava entre as plantas olorosas que simbolizavam a eterna sabedoria.

Conta-se que Cleópatra num dos banquetes oferecidos a Marco Antônio, encheu a sala com rosas numa altura de quarenta e cinco centímetros e também o seu leito para o amor era coberto com pétalas de rosas.

A rosa sempre foi e ainda é fonte de inspiração para poetas e enamorados.


Foto: Rosemary Calvert
............................................................................

3 comentários:

Quintal das Rosas Decorações disse...

Oie linda flor...

sentindo sua falta... adorei o post nem preciso dizer que amo rosas...

bjs
monica

Espaço do João disse...

Mas!!!As rosas não são como as mulhres? Como não encontro rosas feias, também não encontro mulheres . Então e as crianças? Não são como as rosas? Pois eu tenho comigo a paixão das rosas, e como tal, ultimamente tenho feito mutações nas roseiras. Algumas têm sido enxertadas com várias espécies. Quando chegam a abrir em simultâneo mais parecem um bouquet. Fazem-me lembrar uma reunião de crianças.

*-._.-* Graciete *-._.-* disse...

olá minha linda, grata pela sua visita.

As rosas é que são belas mas são os espinhos é que picam
mas são as rosas que morrem
e são os espinhos qie ficam